Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

PQGP 40 – O Pastor do Século 21 – Parte 5

A NECESSIDADE DE UMA CRISTOLOGIA CORRETA

É muito estranho, mas muitas igrejas, hoje, cultuam o culto, adoram a adoração, louvam o louvor. Muita vez a palavra é antropocêntrica, ou pastorcêntrica, louvorcêntrica, dinheirocêntrina, vaziocêntrica, nadacêntrina.

Boa leitura. Continue lendo

Anúncios

5 de março de 2012 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário

PQGP 39 – O Pastor do Século 21 – Parte 4

A NECESSIDADE DE UMA SOTERIOLOGIA CORRETA

Soteriologia é a doutrina da Salvação. É uma palavra transliterada do grego que tem duas raízes: 1- “Soter” ou “soterio”, salvação, cura, restauração, preservação, e; 2- “logia”, estudo, saber, conhecer.

O que pregamos sobre a salvação? O que cremos sobre a salvação? O que cremos está correto?

Vamos continuar o estudo. Continue lendo

27 de fevereiro de 2012 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário

PQGP 38 – O Pastor do Século 21 – Parte 3

A NECESSIDADE DE UMA TEOLOGIA SADIA

A verdade não é mais o que é certo, mas o que funciona. A pós-modernidade tira o foco da verdade objetiva para a funcionalidade.”

Esta é uma frase do texto que segue, e sintetiza bem um grave problema entre nós, pastores, e nossas igrejas.

Continuemos o estudo. Continue lendo

23 de fevereiro de 2012 Posted by | Kerigma | 3 Comentários

PQGP 37 – O Pastor do Século 21 – Parte 2

O cachorro balança o rabo ou o rabo balança o cachorro?

Você compra o que é verdadeiramente necessário, ou o que o mercado diz que você precisa?

Em economia de mercado, a demanda determina a oferta? Ou é o contrário?

Na revolução industrial do século 19, as indústrias produziam mais produtos que os cidadãos estavam dispostos a comprar, então foi elaborada uma estratégia de marketing que convencia o cidadão de que ele precisava de um produto. Assim, as industrias conseguiram desovar sua produção na sociedade. Assim, uma cultura nova estava tomando conta do mundo, que levou à estruturação do capitalismo e o vírus do consumismo. Pelo enriquecimento da industria, todos eram convencidos de necessidades novas na era moderna.

Quanto foi afetado o pensamento teológico nesses tempos? Quanto foi afetado o pensamento missionário? Quando foi afetada a pregação, o kerígma?

Vale a pena analisarmos nosso tempo, mas para ajustá-lo à verdade Bíblica e não o contrário.

Boa leitura. Continue lendo

16 de fevereiro de 2012 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário

PQGP 36 – O Pastor do Século 21 – Parte 1

O tema é intrigante. Antes da virada do milênio participei de vários encontros para pastores, que ofereciam temas como: Como liderar na pós-modernidade? Como pastorear na pós-modernidade? Uma análise dos tempos modernos e para onde vamos. Tudo muito relevante, mas sobrava uma impressão de que o ministério pastoral tinha o desafio de se encaixar na pós-modernidade para ser relevante.

Nenhum problema com isso, desde que os ministros da Palavra tivessem maturidade teológica e doutrinária para não negociar a ética e o conteúdo do Evangelho com o vazio congnitivo do relativismo pós-moderno.

Como deve ser, então, o pastor do século 21?

Mais uma vez, reparto um comentário do Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho sobre o assunto.

Espero que aproveitem. Continue lendo

7 de fevereiro de 2012 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário

PQGP 35 – A Importância da Hermenêutica Bíblica – Parte 2

 

Tendo falado da necessidade e da importância da hermenêutica, deixe-me mencionar alguns aspectos dos seus princípios fundamentais: 1. o aspecto pneumatológico; 2. o aspecto teológico; 3. o aspecto gramático.

Em primeiro lugar, tem-se o aspecto pneumatológico, ou seja, qual é o papel do Espírito Santo na hermenêutica. É claro que essa pergunta só tem relevância para quem acredita no Espírito Santo. Essa pergunta não tem a menor relevância fora dos círculos evangélicos em que o Espírito Santo é considerado apenas como uma mitologia dos escritores do Novo e do Antigo Testamento, como uma coisa criada por eles, ou simplesmente como uma personificação de uma força que procede de Deus. Continue lendo

26 de dezembro de 2011 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário

PQGP 34 – A Importância da Hermenêutica Bíblica – Parte 1

Palestra proferida no Seminário Teológico do Betel Brasileiro na ocasião do lançamento da obra: A Espiral Hermenêutica (Edições Vida Nova).
Autor: Augustus Nicodemus

Começarei falando da necessidade da hermenêutica bíblica. Como Osborne em seu livro A Espiral Hermenêutica, eu acredito sim que o propósito da hermenêutica é nos levar finalmente à pregação da Palavra de Deus. Contudo, antes de pregarmos, precisamos interpretar as Escrituras. Não é simplesmente abrir a Bíblia e dizer o que ela está dizendo. Nem todo mundo se apercebe do fato de que a leitura de qualquer texto sempre envolve um processo de interpretação. Continue lendo

20 de dezembro de 2011 Posted by | Kerigma | 2 Comentários

PQGP 33 – Uma Nova Reforma 5 – A Nova Reforma Propriamente Dita

Há dois tipos de Igreja: a- uma espiritual, Corpo de Cristo, Noiva de Jesus, que tem Cristo como o Cabeça. Esta é saudável, porém invisível, indefinível, indenominável, escondida na instituição, mas que não contaminou seu gene com o institucionalismo; não está em crise e vive o evangelho conforme o Espírito Santo, independente da instituição. b- outra é a institucional, que pode ser vista, tem placas, tvs, rádios, tem CNPJ, endereço, telefone, conta bancária.

Quando o Corpo de Cristo usa a instituição como ferramenta do cumprimento de sua missão, tudo bem. Mas, quando a Instituição eclesiástica caminha insubmissa à sã doutrina Bíblica, ou quer aparecer mais que Jesus, ou cria seus dogmas a partir de uma hermenêutica equivocada e uma teologia irritantemente inexplicável, então a instituição ou denominação já se tornou um deus.

O avanço do Evangelho de fato é um milagre. O Reino de Deus avança como quem toma sopa pelas bordas. Continue lendo

11 de outubro de 2011 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário

PQGP 32 – Uma Nova Reforma – O Fetichismo Gospel

Qual a diferença entre um Shofar e um violão? O produto da oliveira e uma oração? Entre um “Eu profetizo…” e um “Pois está escrito…”?

Sabe quantas vezes aparece no Novo Testamento a expressão: “Eu profetizo…”? Tente achar?!?!

É claro que podemos profetizar, orar e abençoar nosso próximo, mas, comparado ao Novo Testamento, boa parte da Igreja tem agido de forma muito esquisita. Creio nas esquisitisses do Espírito Santo, mas parece que há uma disputa pra ver quem é mais estranho.

Compare tudo ao Novo Testamento. Veja o que dá…

Quero que entenda algo: Muitas seitas ‘evangélicas’ são classificadas hoje, como neopentecostais. Infelizmente o balaio é grande e tem gente boa e genta má lá dentro. Continue lendo

4 de outubro de 2011 Posted by | Kerigma | 5 Comentários

PQGP 31 – Uma Nova Reforma 3 – A Rejudaização

 

Amo a Jesus, judeu, e muitas coisas relacionadas ao povo que Deus separou em Abraão. Sua cultura, sua história e a forma como Deus separou essa nação para alcançar todas as demais com Sua revelação.

Não me incomodava com o uso de talit, quipá, bandeiras de Israel nas Igrejas evangélicas.

Mas, ouvi um pastor, árabe, em uma Igreja Evangélica aqui no Brasil, com muitos símbolos de Israel espalhados pelo salão dizendo: “Agradeço por estar aqui, mas só lamento não poder trazer nenhum dos meus conterrâneos árabes que estou evangelizando, pois eles jamais entrariam em um lugar com tantos símbolos de Israel. Por favor, amem e evangelizem os árabes, Continue lendo

29 de setembro de 2011 Posted by | Kerigma | 5 Comentários

PQGP 30 – Uma Nova Reforma 2 – A Recatolização

Amo os católicos e desejo que conheçam a Jesus e sejam salvos.
Amo os espíritas e desejo que conheçam a Jesus e sejam salvos.
Amo os evangélicos e desejo que conheçam a Jesus e sejam salvos.

Amo a Igreja de Jesus que sou parte, o Corpo Vivo de Cristo, que a 2 mil anos caminha na tutela do Espírito Santo nas bases da Doutrina dos Apóstolos de Jesus Cristo. Esta Igreja é tradicional, pentecostal, carismática, avivada e missionária. A Igreja do Novo Testamento é apostólica, profética, evangelista, pastoral e ensinadora.

A Igreja é o que é, independente da moda do último mover, das placas na fachada ou da nova rede apostólica que passou a fazer parte.

As reinvenções estão provocando desvios sérios.

Veja tudo com os óculos do Novo Testamento. Se fizer isso, você pode não gostar do que verá.

Vamos ao artigo. Continue lendo

20 de setembro de 2011 Posted by | Kerigma | 12 Comentários

PQGP 29 – Uma Nova Reforma 1 – Introdução

A série que passo a publicar hoje é, na verdade, um anexo da última, intitulada: Interpretando a Bíblia Hoje.

Pode não parecer, mas parte da Igreja “Evangélica” do Brasil caminha nas estradas da recatolização, da rejudaização e da baixo-espiritualização. Igreja ao gosto do freguês.

Pode não parecer, mas o pós-modernismo tem influenciado a Igreja, relativizando o que no passado era absoluto. Santidade é relativo… Sã doutrina é relativo…certo e errado é relativo…

Aliás, o que temos de certo é que o ‘certo e errado’ é errado, e o certo ou errado é relativo. Bla, bla, bla…

Boa leitura. Continue lendo

13 de setembro de 2011 Posted by | Kerigma | 5 Comentários

PQGP 28 – Interpretando a Bíblia Hoje 6 – Conclusão

O foco é sempre Jesus. Aliás, esse é o trabalho do Espírito Santo: focar em Jesus, revelar Jesus, Seu amor, Seu sacrifício, Sua Cruz, nosso pecado e iniquidade sendo pagos no sacrifício vicário na Cruz do Calvário. O Espírito Santo revela meu coração para mim mesmo, me envergonho, e por um poder de amor inexplicável sou atraído para a Cruz de Jesus porque nela encontro quitação, perdão, salvação e regeneração. Lá sou feito gente de novo, humano, sou recriado em Cristo, sou feito filho, irmão e por uma graça inaudita herdeiro de Deus. Aos pés da Cruz, diante de Jesus é onde o homem é transformado. Não em outro lugar, com ninguém mais.

Todo pregador ou líder cheios do Espírito Santo desaparecerá e Jesus aparecerá.

Quando atraímos a atenção para nós, é como achar que o sinal é o fim. Um sinal é só um sinal. Ele só sinaliza a direção. Os olhos devem fitar aquilo que o sinal sinaliza. Quando o sinal quer brilhar demais, chamando a atenção para si, já se tornou um ídolo e deve ser destruído. Isso acontecerá. É só uma questão de tempo.

Jesus é o foco; Ele é a Palavra. Ele deve aparecer.

Veja a conclusão desta série. Continue lendo

8 de setembro de 2011 Posted by | Kerigma | 2 Comentários

PQGP 27 – Interpretando a Bíblia Hoje 5 – Uma Volta à Bíblia

Como será a Igreja do Brasil nos próximos 100 anos?

Pense comigo: A Igreja reformada caminhou pela história por 400 anos, até o final do século XIX, com algumas correntes teológicas e doutrinárias defendidas ao preço de muito estudo da Bíblia e da procura da melhor compreensão das revelações do cânon.

Podemos mencionar alguns ícones nesses 400 anos como Calvino, Lutero, Ulrico Zuínglio, Tiago Armínio, John Knox, os catecismos do século XVII, Wesley no século XVIII, o êxodo europeu de cristãos para a América do norte do século XIX. Também neste século, chegaram ao Brasil missões Luteranas, Congregacionais, Presbiterianas, Metodistas e Batistas. No começo do século XX nasce a Assembleia de Deus e o Pentecostalismo. O Evangelho cresceu no Brasil neste século, até que, na década de 1970, nasce o que chamamos hoje de neo pentecostalismo. Continue lendo

2 de setembro de 2011 Posted by | Kerigma | 4 Comentários

PQGP 26 – Interpretando a Bíblia Hoje 4 – O Critério Hermenêutico Para o Uso da Bíblia

Qual é a chave hermenêutica para se entender toda a Bíblia?

Neste artigo não estou compartilhando as regras de hermenêutica Bíblica usadas na interpretação de textos pequenos para pregação ou estudos de Livros inteiros. Pretendo fazer isso depois desta série. Em termos gerais, esse artigo fala da “chave hermenêutica para se entender toda a Bíblia”. Lembro que esta série tem como autor o Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho.

Qual é a chave? Boa leitura. Continue lendo

19 de agosto de 2011 Posted by | Kerigma | Deixe um comentário