Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

Liderança – Seitas e Falsos Mestres 2

E. #4 Busca uma lealdade inapropriada ao líder ao invés de conectar as pessoas a Jesus

  1. Seitas: Seitas exigem lealdade e devoção aos líderes em vez de Jesus. Fidelidade é definida em apoiar o líder, ao invés de obedecer a Jesus. Esta lealdade é atingida proibindo os liderados de corrigir ou questionar o líder. É muito perigoso, em qualquer ministério, quando o líder não pode ser questionado. Líderes de seitas não prestam contas a ninguém, nem eles admitem suas falhas ou erros, em vez disso, eles alertam os seus membros a não corrigirem os líderes porque eles “não devem tocar o ungido de Deus.” O líder é visto como sendo irrepreensível e não pode ser contrariado. Os membros têm uma inadequada lealdade e respeito pelo líder.
  1. A Bíblia: Nossa primeira lealdade e conexão são a Jesus. Nós servimos juntos com líderes falhos e fracos que não tem todas as respostas e que precisam de conselho e correção de outros.

F. #5 Desonra a unidade da família ao invés de insistir na prioridade bíblica da união familiar.

  1. Seitas: Os filhos são ensinados a serem mais leais aos líderes do que aos seus pais. Mulheres são ensinadas a serem mais leais aos líderes do que aos seus maridos, e maridos são ensinados a aceitarem isso como um comportamento normal.

2. O líder da seita procura tomar o lugar de pais, mães, ou de um pastor, ou figura de autoridade. Os membros agem como filhos dependentes buscando ganhar aprovação dos líderes. Líderes vão além da autoridade dada por Deus e manipulam seus membros.

3. É requerido dos membros cortar laços com suas famílias e amigos que não fazem parte do mesmo grupo. É pedido que eles se socializem somente com os membros do grupo.

4. A Bíblia: A relação de prioridade de compromisso é com o cônjuge, filhos e pais. A santidade e identidade familiar de uma pessoa são muito mais importantes do que o ministério no qual ela está envolvida.

G. #6 Cruzar limites bíblicos de comportamento ao invés de pureza sexual a propriedade pessoal

1. Seitas: Seitas enfatizam revelações especiais, que permitem aos seus líderes cruzarem fronteiras em áreas como imoralidade e finanças. Eles geralmente insistem possuir o dinheiro e propriedades dos membros que “se juntam á comunidade”.

2. Pedro ensinou que os falsos mestres são quase que facilmente detectados pela avareza e imoralidade.

“3Movidos por avareza, farão comércio de vós. 14tendo os olhos cheios de adultério… tendo coração exercitado na avareza. 18Engodam com paixões carnais, por suas libertinagens.” (2 Pe. 2:3-18)

3. Eles promovem maneiras não éticas de ganhar dinheiro (por exemplo, mentir sobre arrecadar dinheiro para caridade que não existe). Alguns insistem em altos padrões morais para o grupo, exceto para o líder que foi chamado para ter “parceiros espirituais” para benefício do movimento.

4. A Bíblia: Pureza sexual e propriedade privada de finanças e posses. Em Atos 4, os discípulos depositaram seus dinheiros e posses aos pés dos apóstolos uma vez, como uma oferta de livre espontânea vontade, e não como um evento econômico permanente.

H. #7 Separação da Igrejaao invés de uma cultura de honra em relação à Igreja por inteira (próximo artigo)

Anúncios

25 de outubro de 2011 - Posted by | Sobre Liderança

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: