Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

Liderança – Seitas e Falsos Mestres 1

Olá amados, no artigo PQGP 25, que publiquei em Agosto, mencionei alguns homens na Bíblia que tiveram bons começos e fins trágicos. Disse também que hoje, muitos líderes e ministérios começam bem,  mas, na caminhada tropeçam nas pedras do orgulho, da avareza, da fama, da necessidade de reconhecimento e se desviam do evangelho. Nesse ponto, esse líder tornou-se um psicótico e seu ministério uma seita.

Esse problema é tão lamentavelmente comum, que achei importante publicar um artigo do Pr. Mike Bickle sobre esse assunto.

Serão algumas publicações e te convido a ler.

Deus te abençoe.

Escola de Ministério Precursor – Mike Bickle

Como discernir falsos mestres e seitas: 7 características

I. SETE CARACTERÍSTICAS DE SEITAS

A.         Se um grupo exibe uma destas características, então eles são uma seita ou têm tendências de se tornar uma seita.

B.        # 1 Se opôem ao pensamento crítico ao invés de deixar as pessoas pensarem por si.

1. Seitas: Seus membros devem aceitar o que a seita acredita sem questionar as suas doutrinas. Eles não querem que os seus membros pensem criticamente por si próprio.
2. A Bíblia: Nós todos devemos examinar cada ensinamento que ouvimos à luz das Escrituras. Lealdade a um ministério envolve sermos desafiados em humildade. Não creia em um ensino que você não possa ver com seus próprios olhos em sua Bíblia. Pense por si mesmo e não aceite rapidamente qualquer idéia. Não diga: “Nossos líderes dizem…”, mas sim: “A Bíblia diz…”.

“julgai todas as coisas, retende o que é bom;” (I Ts 5: 21).

“Estes (de Beréia) receberam a palavra com toda avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.” (At 17: 11).

3. Os cristãos são exortados a examinarem os espíritos ou discernirem o espírito por trás do ensino.

“Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai (ponham a prova) os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas tem saído mundo a fora.” (I Jo 4: 1).

 

C.        #2 Isolamento dos membros e penalização ao saírem, ao invés de ajudá-los a fazerem a vontade de Deus.

1. Seitas: Eles isolam os seus membros e rejeitam os que saem. Os membros serão julgados por Deus ou perderão o melhor de Deus se eles saírem. Rejeição, exclusão e avisos de julgamento são dados. As pessoas são ensinadas a fazerem compromissos por toda vida ao grupo e/ou buscar permissão para participarem de outro ministério.

2. A Bíblia: A primeira preocupação de um líder deve ser o bem das pessoas que ele está liderando. Portanto, os líderes devem ajudar as pessoas a terem exito ao buscarem seguir a vontade de Deus para suas próprias vidas, independentemente de isso significar se juntar a outro ministério. O valor fundamental é que as pessoas pertencem a Deus, não ao líder ou ao grupo em que eles servem.

D.        #3 Ênfase em  outras doutrinas ‘especiais’ fora das Escrituras ao invés de lealdade as Escrituras

  1. Seitas: Seitas fazem lavagem cerebral nos seus membros e enfatizam as revelações especiais de seus líderes “ungidos”, que se apresentam como tendo uma visão única que ninguém mais tem. Eles alegam ter o único caminho para salvação e  todos que se recusam a se juntar a eles serão perdidos.
  1. A Bíblia: Devemos enfatizar a supremacia e infalibilidade das Escrituras como autoridade final da verdade. Devemos enfatizar os principais temas das Escrituras: o amor de Jesus, o estilo de vida do Sermão do Monte, a oração, leitura da palavra, ganhar os perdidos, curar os enfermos, servir aos outros, etc.

E. #4 Busca uma lealdade inapropriada ao líder ao invés de conectar as pessoas a Jesus (próximo artigo)

Anúncios

20 de outubro de 2011 - Posted by | Sobre Liderança

1 Comentário »

  1. Precisamos de mais esclarecimentos como os relatados acima, a Igreja de hoje se tornou uma geração vazia do próprio Deus , do Seu carater e dos ensinamentos doutrinários que conduzem à uma vida de piedade e de frutos de justiça que apontam tão somente para Jesus e o que Ele fez por nós na cruz. Chama-nos de volta ao teu aprisco , Jesus, pois somos Tuas ovelhas, e Tu és o nosso Supremo-Pastor. Deus o abençoe, Paulo Moral, por postar a mensagem acima, espero pelo próximo artigo !

    Comentário por Ailton Alves Camargo | 21 de outubro de 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: