Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

PQGP 32 – Uma Nova Reforma – O Fetichismo Gospel

Qual a diferença entre um Shofar e um violão? O produto da oliveira e uma oração? Entre um “Eu profetizo…” e um “Pois está escrito…”?

Sabe quantas vezes aparece no Novo Testamento a expressão: “Eu profetizo…”? Tente achar?!?!

É claro que podemos profetizar, orar e abençoar nosso próximo, mas, comparado ao Novo Testamento, boa parte da Igreja tem agido de forma muito esquisita. Creio nas esquisitisses do Espírito Santo, mas parece que há uma disputa pra ver quem é mais estranho.

Compare tudo ao Novo Testamento. Veja o que dá…

Quero que entenda algo: Muitas seitas ‘evangélicas’ são classificadas hoje, como neopentecostais. Infelizmente o balaio é grande e tem gente boa e genta má lá dentro.

3. O Fetichismo como Produto do Neopentecostalismo

O neopentecostalismo (ou baixo-pentecostalismo) trouxe um problema sério. Derrubou o muro entre feitiçaria e evangelho. Já vi “tapete ungido” que chupa as enfermidades e pecados, água santa após a oração pastoral (como Alziro Zarur fazia nos anos sessenta), bênção de carteiras de dinheiro, envelope de pagamento e cartão de crédito, repreensão de maldição sobre carros e eletrodomésticos para que não tenham mais defeitos, etc. Um pastor apresentou na televisão o homossexualismo como maldição hereditária. É a mesma hermenêutica do psicólogo ou psiquiatra ateu que o justifica como hereditariedade genética. A responsabilidade pessoal do indivíduo se dilui na maldição ou nos genes. A ignorância do ensino global das Escrituras, incluindo a responsabilidade da pessoa, com a capacidade de tomar decisões, sendo responsável por elas, produz estas distorções. De novo um problema hermenêutico: não há hereditariedade espiritual no Novo Testamento. Ezequiel antecipava o evangelho ao escrever seu capítulo 18.

Em correntes de oração, leva-se uma foto da pessoa para ungi-la e ela deixar o pecado ou o vício. Se não pode levar a foto, leve uma muda de roupa. Vi isso na minha infância, no baixo espiritismo. Choca-me vê-las entre evangélicos. Surpreende-me o ibope dado ao diabo, que já teve até microfone de televisão na boca em programa evangélico. Só faltou dizer: “Agora, ao vivo, em cores, via satélite, o Diabo fala para todos”.

Boa parte dos evangélicos busca sensacionalismo e vive à cata de eventos. Um pastor que seja sério, expositor bíblico, conselheiro, amigo, mas que não faça pirotecnia no púlpito corre o risco de ser considerado ultrapassado. Busca-se oshowman, o espetáculo, o fantasioso. Declarações levianas são feitas com ar de seriedade. Tempos atrás, o dono de uma seita que eu desconhecia, declarou numa revista evangélica que havia denominações demais e sugeriu a fusão dos batistas e presbiterianos. O ridículo da história é que a pessoa era contra o excesso de denominações, queria que as grandes se fundissem, e produziu mais uma, nanica.

Esta confusão hermenêutica gerou denominações exóticas: Igreja Evangélica Pentecostal Independente Peregrinos na Fé do Senhor Conforme Hebreus Capítulo 11, Igreja Pedra Angular O Anjo da Colheita na América Latina, Igreja Pentecostal A Chegada de Jesus Com Poder e Glória, etc.. Conheci uma Igreja Pocalipi. O nome intrigou-me. Não conseguia ver nexo nele, até entender que era Apocalipse, nome que seu pastor não conseguia ler corretamente. Como uma pessoa que não consegue ler a palavra “apocalipse” pode fazer uma interpretação doutrinária correta? Não se trata de elitismo. É minha perplexidade para compreender a facilidade com que se interpreta a Bíblia hoje. Qualquer pessoa o faz, desprovida de bom senso elementar, sob a desculpa “o Senhor revelou”. As bases hermenêuticas foram aniquiladas. O movimento evangélico está desfigurado, é palco de gente vaidosa que deseja fundar uma igreja, e nesta desfiguração, recebe todo tipo de heresias e tolices. Está calcado na subjetividade e não em verdades históricas.

Temos uma descaracterização doutrinária pelo neocatolicismo, neojudaísmo e pela entrada do baixo espiritismo que nos vem pelo baixo pentecostalismo. Que fazer? É aqui que entra a necessidade de uma nova Reforma, com algumas ideias que devem ser trabalhadas em nosso meio.

4. A Nova Reforma Propriamente Dita (próximo artigo)

 

Anúncios

4 de outubro de 2011 - Posted by | Kerigma

5 Comentários »

  1. Bom, vemos por ai muitas pessoas defendendo o pecado dentro das igrejas, simplesmente por que todos são pecados (claro) !!!

    Mas o que devemos nos atentar é que por ser uma igreja seja esta de qualquer denominação ou sem uma definida, no mínimo os lideres devem zelar por uma doutrina santa e salvífica, pois enquanto os New Pentecostais estão falando do humanismo teológico dos mais tradicionais, os conservadores estão atacando as novas manifestações dentro das igrejas de hoje !!!

    Mas o que mais me chama atenção é que o assunto mais citado por Jesus nos evangelhos depois de seu reino propriamente dito é a cerca do dinheiro, e o que vemos nas igrejas de hoje ???
    Por todos os lados os “lideres” tentando garantir seus ministérios tentam ganhar fundos com seus próprios modos e se esquecem da Bíblia.

    Os New Pentecostais fazendo do Evangelho um empreendimento, comercializando os dons de Deus e até mesmo aquilo que não é dom, com muitas mentiras e com um tal de canonizar ou melhor dizendo, santificando coisas e pessoas para atribuir poder a toda essa bagunça !!! (idolatria total) …

    Por outro lado as igrejas mais conservadoras não pregam prosperidade, bênçãos matérias, vitorias e todas essa coisas, mas por sua vez dentro das igrejas os “pastores e conselhos” só nomeiam a cargos irrevogáveis como diaconisa ou presbitério as pessoas mais ricas de modo que nunca percam seus dízimos e assim garantem suas rendas fixas, e seus cargos pastorais por muito tempo !!!

    Por sua vez as igrejas com Pentecostalismo tradicional faz um pouco dos dois, principalmente pregando um sacerdotalismo único, de tal maneira que ninguém pode contestar suas ordenanças !!!

    Mas o que mais me intriga é que como a maiorias das igrejas estão contaminadas com a corrupção aléia, esta reforma deve ser generalizada, assim também devemos tomar de referencia a igreja primitiva de Pedro, já que monstruosamente a igreja protestante de modo geral é mais parecida com a Católica do que com a Primitiva, isso mesmo depois de 500 anos depois da reforma !!!
    Só alertando um assunto importante no que se refere a poder religioso, é que não se deve usar o texto de Malaquias, nos tempos de hoje quando nos referimos ao dizimo, pois este só é valido para o contexto da época e o que estava ocorrendo com Israel, pois no tempo da graça é necessário que o cristão entenda que Deus não quer seus dez por cento do salário, mas sim sua vida como servo integral do reino de Deus e seu Cristo, assim como Ele fez !!!

    Este é só meu ponto de vista, segundo o que tenho lida na palavra de Deus a Bíblia.

    Um grande abraço.
    Gersinho Murakami.
    I.B. Brasilândia – São Paulo, SP.

    Comentário por Gerson Murakami | 2 de novembro de 2011 | Responder

  2. Veja bem, falamos dos neopentecostais como se fossem um cancer no meio do Povo de Deus, e falamos de seus rituais e contrariedades em relação a Palavra, mas não identificamos as teorias intelectuais que homens de Deus, renomados, estao fazendo também.
    É claro que eu não incentivo que ninguem faça contribuição para construção de templos maçonicos no meio do Povo de Deus. E nem aprovo tecnicas de vendas que dão resultado para os que praticam esta maldade.
    Mas é preciso entender um pouco, todos somos pecadores e precisamos da misericordia de Deus.
    E eu te pergunto: Será que tudo isto não é o cumprimento de uma palavra, que diz: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”. Mateus 7:21
    Eu penso que esta palavra pode ser para qualquer individuo, inclusive para mim.
    Vamos nos examinar e ver até que ponto nossos conceitos nao estao se tornando preconceitos ou neofarisaismo, que também tem se levantado de um forma destrutiva no meio da IGREJA.
    Obrigada por este espaço.
    Deus os abençoe!

    Comentário por Mary | 11 de outubro de 2011 | Responder

    • Você está certa minha irmã. Todos temos que nos avaliar.
      Os reformados históricos, que tem uma boa hermenêutica, uma boa teologia, uma doutrina Bíblica, precisam avaliar sua devoção e suas ligações com a maçonaria.
      Os neo… precisam somar à sua devoção uma boa hermenêutica, uma teologia Bíblica e aprender a fundamentar, Biblicamente, sua doutrina.
      Todos precisamos nos avaliar.

      Comentário por Paulo Moral | 11 de outubro de 2011 | Responder

  3. Oi Paulo,

    Para engrossar sua lista de denominações exóticas, aí vão mais dois:

    Igreja Multiforme ; (Talvez fazendo referência a Ef 3:10, mas em que sentido?)
    Igreja dos Primogênitos de Deus. (Como isso pode acontecer?)

    Em minhas andanças pelo estado do RS, já vi muita coisa absurda a esse respeito, e isso já foi até motivo de chacota por parte de meus colegas de trabalho que são ímpios.

    Aqui vai uma frase colocada na fachada deuma igreja neopentecostal: (tenho foto)

    “Você veio no lugar certo – no dia certo – na hora certa – Jesus diz tudo vai dar certo”
    (onde está escrito isso? como ele sabe que Jesus disse isso? Será que já se deram conta do que está escrito em Mt 5.11, 10.38, 16.24, Lc 9.23, 14.27, Jo 16.33?), é por essas e outras que hoje, muitos grupos ditos cristãos têm atrapalhado a vinda do Reino até nós.

    Abração!

    Comentário por Elemar Joselito Corbellini | 10 de outubro de 2011 | Responder

    • Obrigado, Elemar, pela contribuição, apenar somar às bizarrices.
      Deus abençoe você grandemente.

      Comentário por Paulo Moral | 10 de outubro de 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: