Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

DESABAFO

Sempre corremos riscos. A franqueza é um grande risco. Quando abrimos o coração corremos o risco de nos entenderem mal. Na verdade é difícil equilibrar o emocional quando se desabafa, e carregamos pequenas palavras com grandes sentimentos. É inevitável. Um coração angustiado não sabe medir a força da explosão das palavras que invadem o ar e os ouvidos e, provavelmente seremos julgados por isso: podia ter dito diferente, mas destemperou – que pena?!

Quando Jesus chama os fariseus de raça de víboras, Ele é muito pessoal, franco, direto, destemperadamente temperado de ousadia e verdade. Ficaram ofendidos? É claro! Mas ainda era um grupo de hipócritas nojentos. Os fariseus eram a elite religiosa da época e, aos seus próprios olhos e dos míopes espirituais de seu tempo eram a nata da espiritualidade.

Muito bem, não estou chamando ninguém de fariseu, mas observo uma miopia entre nós cristãos, que afeta muitos homens de Deus severamente e muitos já estão enfermos.

Antes que digam que legislo em causa própria, digo eu. Confesso que eu e muitos que dedicam suas vidas ao ensino da Palavra de Deus somos vitimados pelo obscurecimento de entendimento que descreverei a seguir.

Antes, observem os textos:

1Tim 5:17 Os presbíteros que fazem um bom trabalho na igreja merecem pagamento em dobro, especialmente os que se esforçam na pregação do evangelho e no ensino cristão.

1 Co 9:3Quando as pessoas me criticam, eu me defendo, dizendo assim:4 Será que eu não tenho o direito de receber comida e bebida pelo meu trabalho?5 Será que nas minhas viagens eu não tenho o direito de levar comigo uma esposa cristã, como fazem os outros apóstolos, os irmãos do Senhor Jesus e também Pedro?6 Ou será que Barnabé e eu somos os únicos que temos de trabalhar para nos sustentar?7 Quem já ouviu falar de algum soldado que pagou as suas próprias despesas no exército? Ou qual é o fazendeiro que não come das uvas da sua própria plantação? Ou qual é o pastor que não toma do leite do seu gado?

8 Não pensem que eu me apóio somente nesses exemplos da vida diária, pois a lei diz a mesma coisa.9 Na Lei de Moisés está escrito assim: “Não amarre a boca do boi quando ele estiver pisando o trigo.” Por acaso Deus está interessado nos bois?10 Ou foi a nosso respeito que ele disse isso? É claro que isso está escrito em nosso favor! Tanto a pessoa que planta como a que colhe fazem o seu trabalho na esperança de receber a sua parte da colheita.11 Se temos semeado entre vocês a semente espiritual, será demais se recebermos de vocês alguma recompensa material?12 Se outros têm o direito de esperar isso de vocês, será que nós não temos muito mais direito do que eles?

No entanto, nós não temos usado esse direito. Pelo contrário, temos agüentado tudo para não atrapalhar o evangelho de Cristo.13 Certamente vocês sabem que os que trabalham no Templo é do Templo que recebem os seus alimentos. E sabem também que os que oferecem sacrifícios no altar recebem uma parte da carne dos animais que são sacrificados ali.14 Assim o Senhor mandou também que aqueles que anunciam o evangelho vivam do trabalho de anunciar o evangelho.

Heb 13:17Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.

Confesso que procurei algum texto na Bíblia que me orientasse a pagar duplicadamente a músicos, mas não achei. A cantores gospel e também não achei.

Creio que todos que fazem algum trabalho devem receber por isso, mas vemos alguns desequilíbrios terríveis no comportamento da Igreja de hoje.

É comum que se pague dezenas ou centenas de reais para se ver um artista evangélico por sessenta minutos, e ninguém reclama que está caro, mas quando há uma oportunidade de participar de um evento de ensino, com 10 horas de ministração que abençoará com edificação, orientação, consolo, revelação, instrução, cura, pensa-se que qualquer ‘Real’ é muito caro.

Um cantor com um CD pode cobrar milhares (muitos milhares) de Reais para se apresentar e se esforçarão por trazê-lo e, no final, todos ficarão satisfeitos. Mas, quando um pastor pregador ousa perguntar se os convidantes estão pensando em ofertar algum valor, pensa-se em repor a gasolina do pregador: “Olha pastor, isso é só uma gasolina. Queríamos dar mais, mas…” Não sei bem o que é “gasolina”, deve ser algum papel-moeda criado apenas para pastores.  Um cantor recebe antes, senão ele não se apresenta, mas quando se paga a um pregador, diz-se: “esta oferta é simbólica, porque o senhor merece muito mais”.

Tentei fazer isso no supermercado mas não deu certo. Disse ao caixa: “olha, esse valor é apenas simbólico da compra de mantimentos que estou fazendo, ok? Sei que o Mercado merece muito mais, mas é o que tenho para dar”. Não deu certo…

Tentei trocar uma calça em uma loja por um abraço, bem apertado até, cheio de amor, gratidão e reconhecimento pela prestatividade do vendedor, mas também não deu certo.

Fui ao restaurante e ofereci oração para que pudesse comer lá, mas não aceitaram… Não sei porque???

Quando digo que não tenho carro, me olham como se eu fosse um ET… Como assim??? Um pastor não ter um carro??? Como ele vai atender as pessoas??? Pois é!!! Eu faço as mesmas perguntas. Alguns, com uma expressão de “tadinho, mas ele é pastor, é assim mesmo”.

É curioso, mas acho que os que militam exclusivamente no ensino da Palavra de Deus não comem, não vestem, não moram, não podem ter carro, não tem filhos, não tem férias, não podem ir ao restaurante com sua esposa, não dão presentes aos que amam, não compram livros, Bíblias, muito menos computadores ou qualquer outro equipamento que lhe ajude a aperfeiçoar seu ofício.

As necessidades dos que ensinam são reais e não simbólicas.

Só por curiosidade, você sabe porque os grande teólogos, produtores de conhecimento, que ajudaram gerações e gerações a compreenderem melhor as Escrituras são estrangeiros? Na Europa e também nos Estados Unidos há um grande investimento em homens de Deus que dedicam suas vidas no aprendizado e no ensino da Palavra de Deus. Igrejas, Universidades, Instituições, empresários grande e pequenos investem generosamente na vida de homens que dedicam seu tempo no estudo e na produção de conhecimento. Estas são culturas e nações que prevalecem sobre todo mundo, influenciando e exportando conhecimento e tecnologia de todos os tipos.

A pobreza de entendimento e de investimento na vida de mestres faz com que estes precisem se desviar de suas vocações, para cuidarem de suas famílias, deixando uma ou várias gerações reféns de conhecimento reproduzido ao invés de produzir conhecimento. Reféns de livros, teólogos, ensinadores estrangeiros, que caminham em correntes teológicas que ninguém sabe averiguar. Comemos enlatados importados de todos os tipos, enquanto a maioria dos mestres que Deus tem chamado em nossa nação estão agonizando em situações de escassez e na crise de não poderem dedicar-se integralmente ao estudo e à produção de conhecimento.

Nossa mentalidade brasileira e evangélica (vou evitar qualificar) supervaloriza o entretenimento (shows, cantores gospel, etc), e despreza o conhecimento.

Se, pelo menos, as músicas de hoje fossem carregadas de doutrina Bíblica, vá lá, mas não é assim. É claro que estou generalizando. Há muitos homens e mulheres de Deus, que eu conheço, que são dignos e cantam verdade eternas em suas canções, mas são exceções.

Tenho pregado em muitas cidades do Brasil itinerantemente, e tenho sofrido esse mal trato. Não pior, tenho visto muitos pastores em profunda agonia, tentando conjugar o amor e obediência ao seu chamado e o destrato financeiro que precisa fazer sua família se submeter. Não são poucos os filhos de pastores que dizem: “se tem uma coisa que eu não quero ser é pastor. Para passar o que meu pai passa e fazer toda família sofrer?! Eu não quero!”.

Quando vamos crescer???
Quando a Igreja Brasileira irá valorizar seus mestres como Deus ordenou???
Quando ela cumprirá a Palavra de Deus e honrará duplicadamente os que ensinam???
Quando atribuirá valor correto ao entretenimento e o valor devido ao conhecimento???

Não tenho respostas, estou apenas desabafando.

Paulo Moral, pr

Anúncios

16 de setembro de 2011 - Posted by | Sobre Liderança

18 Comentários »

  1. Não desista pastor, ao servo fiel Deus envia socorro. Confia! ele renovará suas forças e te fará caminhar sem que sinta que estás com os pés descalços.

    Comentário por iedacastro | 20 de setembro de 2011 | Responder

    • Obrigado Ieda. Deus te abençoe tb.

      Comentário por Paulo Moral | 20 de setembro de 2011 | Responder

  2. eu me vi neste texto outra dia quis alugar um apto, pois estão me despejando do meu e eu ofereci 500 “queDeus supra todas as tuas necessidades” e 100 “Deus abençõe grandemente o ministério de vcs” mas tbm não aceitaram

    que coisa neh

    ainda bem que dependemos de Deus o que não tira de nós e de nossas familias o sofrimento pelo descaso da igraja com aqueles que dispuseram suas vidas para servircomo canal de Deus para abençoa-los

    Comentário por Pr. Matheus Simões | 19 de setembro de 2011 | Responder

    • Obrigado Matheus. Deus nos ajude a continuar. Seguimos morrendo, na esperança que nosso trabalho não é vão no Senhor.

      Comentário por Paulo Moral | 19 de setembro de 2011 | Responder

  3. Jr 1:17; Ezeq 3,4
    Pr Paulo, na mensagem de João Batista direcionada aos fariseus, Mt 3 – ” E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus, que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura? Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo ” – nessas palavras nosso irmão J.B. deixa claro que raizes podres não podem sustentar uma arvore com aparencia “boa”.
    A Igreja Brasileira parece criança num parque infantil espiritual, se satisfazendo fisicamente e emocionalmente com aparatos gospel e, quando parece que ha algum crescimento, chega a parecer uma adolescente com uma visão romantica do evangelho de Jesus.
    Quando o Pai delas manda alguns de Sua confiança (mestres e/ou profetas) para traze-las à sobriedade, num entendimento real, sério e comprometido com o verdadeiro evangelho, o pensamento de que “vou ter que me sacrificar ?!” é horripilante, parece com os casamentos de hoje, onde se vai até onde há beneficios pessoais, ao mínimo sinal de “invasão territorial” (interesses) então se separam , cada um em busca da sua “paz” ! O que se ve hoje não é uma noiva que esta se preparando para se tornar esposa, que quer amar o seu marido , gerar filhos, ser feliz em ser mãe e educá-los em pricipios familiares-morais-espirituais.
    Quando o E.S. se manifesta em lideres hoje como fez com Joao Batista, então somos grossos, sem educação, sem assunto, míopes e sem visão do amor e da graça de Deus, porque dizem – ” Deus é amor ” !
    Que amor perverso é esse que encobre tantas inconsequencias, que mantem crentes com mentalidade infantis, sem avisar que religiosidade também é um pecado que pode levar ao inferno ?! Mas enquanto isso, no parque espiritual …
    Sabe Pr Paulo, precisamos de reforma, urgente !
    O Pai quer por ordem na Casa e vai faze-lo, pois a Igreja Brasileira parece uma casa que está entregue nas mãos de crianças, como quando os pais saem e os filhos aproveitam para fazerem badernas !!!
    Deus nos guarde em sã consciencia e nos livre de nos vendermos, somente para se enquadrar nessa classe de ministros “gospel”,para servir a uma “igreja” que pensa que o ministro que é usado e apoiado por Deus é aquele que faz malabarismos espirituais e usam seus dons como se fossem “poderes misticos” desenvolvidos por sua grande-alta espiritualidade !!!

    Comentário por Ailton Alves Camargo | 19 de setembro de 2011 | Responder

  4. Amado Paulo,

    Sei que tens lutado firmemente para tornar a igreja mais ´´igreja de verdade´´, e sua luta não tem valor , não tem ajudinha, o valor do seu chamado é traduzido pelas marcas que sua pregaçao tem nos causado portanto não se importe com os valores desse mundo caído , sempre sonhe em ver a igreja brasileira vivendo integralmente o seu compromisso com Cristo. Quantas pessoas que olham para voce e sabem que é um mensageiro de Deus nesta Terra. Eu sou fruto de seus sermoes irmao!!!
    Deus te abencoe sempre !!

    Te amamos , conte conosco sempre
    Dos irmaos Marcio e Marcelle Macae- Rj

    Comentário por CIA de Macaé | 19 de setembro de 2011 | Responder

    • Obrigado Marcio. Tb amamos vcs. Deus te abençoe por tudo.

      Comentário por Paulo Moral | 19 de setembro de 2011 | Responder

  5. como próprio apóstolo Paulo demonstrou, as vezes precisamos desabafar… Tenho certeza que o irmão Paulo Moral sabe e concorda com tudo o que o irmão Wassil escreveu e só precisava desse momento, para não ter um treco, afinal de contas, é um ser humano!! Vamos lembrar que, hoje sofremos pelo verdadeiro evangelho, trazemos as marcas de Cristo, amanhã estaremos com Cristo!! Que o nosso Deus, que sabe de todas as coisas, continue no controle de sua vida. Ele, mais do que ninguém, sabe o que estas passando!!
    Clame e Ele te ouvirá…

    Comentário por Pedrina Paula | 17 de setembro de 2011 | Responder

  6. Mano querido, a paz do Senhor.

    A grande maioria do povo brasileiro “evangélicos” paga e gasta para poder escolher o alimento que é vendido conforme sua vontade e, não pela sua necessidade, conforme é relatado em = 2Timóteo 4:3 Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos. 4 Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para as fábulas/mitos.

    Nós criamos e alimentamos estas aberrações “os canibais da fé”.

    Que deixaram de ministrar o arrependimento e ensinar o amor de Deus.

    Mas tudo isso é permissão de Deus,

    – primeiro, para que nós como “sacerdotes do EU SOU” não sentemos na mesma mesa com eles.

    – segundo, para que nós como “sacerdotes do EU SOU” não nos alimentarmos do mesmo alimentos deles.

    – terceiro, para que nós como “sacerdotes do EU SOU” não necessitemos da mesmas necessidades deles.

    O propio povo trocou o profeta por um rei…e nós sabemos o resultado desta escolha.

    Enfim mano, temos que manter o foco no SENHOR DOS EXÉRCITOS, pois é só ELE que nos garante.

    Permaneçamos firmes na VERDADE porque haverá e virá tempos mais difíceis para nós.

    Pelo Reino

    Wassil Mogone

    Comentário por wassil mogone | 17 de setembro de 2011 | Responder

    • É isso querido amigo. Obrigado e abraços.

      Comentário por Paulo Moral | 17 de setembro de 2011 | Responder

  7. Concordo em gênero, número e grau.
    Assino embaixo de tudo isso.

    Cecília Moral

    Comentário por Paulo Moral | 16 de setembro de 2011 | Responder

  8. PAULO ,

    ao ler a mensagem, mais uma vez percebi o quanto as pessoas procuram o oba boa, quando passo em concursos elas dizem nossa como vc é inteligente, porem não conseguem ver o esforço que faço para ser aprovado. Digo oba oba, porque todos querem ver a nação sendo evangelizada, contudo não ha um comprometimento genuino para auxiliarem os ministros. Sinto muito por ver esta situação. Todos querem ouvir falar sobre Jesus mas esquecem, os mestres precisam de uma fonte de renda.
    tem horas que fico viajando na maionese assim:
    “se eu fosse bem rico criaria um fundo para auxiliar pessoas comprometidas como vc”
    mas apesar dos pesares Deus sabe de todas as coisas.
    Esses dias atras até articulei boas maneiras de angariar fundos para o corpo de cristo, depois de ler esta mensagem somente aumentou este intento
    cara vou ficar um bom tempo refletindo em como solucionar esta questão

    Comentário por francisco martins | 16 de setembro de 2011 | Responder

    • Olá Francisdo, que Deus nos ajude com sabedoria e tudo mais. Abraços

      Comentário por Paulo Moral | 16 de setembro de 2011 | Responder

  9. […] DESABAFO […]

    Pingback por Desabafo « Kol Shofar – Voz da Trombeta | 16 de setembro de 2011 | Responder

  10. Sei muto bem amado o que voce esta falando pois vivo pela fe e mais deixei o sonho amaericano aqui para fazer isto , quando postei em meu blog expondo minha vida e pedindo ajuda para uma passagem para ir ministrar com um grupo de irmaos em uma cruzada de 7 dias na carollina do norte, ja comecei ser criticado tipo assim se vive pela fe por que anunciar . sabe as vezes nao enetendo os cristoes ta tudo virado mesmo . muito amor viu amado muito amor

    Comentário por jose coelho | 16 de setembro de 2011 | Responder

    • Obrigado José, Deus nos abençoe. Precisamos.

      Comentário por Paulo Moral | 16 de setembro de 2011 | Responder

  11. Pastor! Que dor ao ler este artigo! É uma dura e verdadeira realidade da igreja. Mesmo o assunto oferta sendo tão falado e pregado, ainda não chegaram ao verdadeiro entendimento sobre ele. Liberalidade, espontaneidade e com objetivo real de abençoar vidas e não simbólicamente, como você muito bem mencionou!

    Lamento muito. Já tive oportunidade de participar de um seminário ministrado por ti e fui EXTREMAMENTE abençoado. Colocando-te como um representante dos que exercem esse árduo ministério e sabendo da importância do ensino e do estudo das Escrituras, também me pergunto: o que parte da Igreja quer realmente? Por que despreza tanto esse pilar?

    Eu presencio em minha região a demanda e os esforços por pregadores do tipo teatrais e cantores famosos. Ambos com mensagens direcionadas ao ego e às necessidades humanas, sem algum compromisso com o Evangelho. Acho que sei porque essa preferência: logo de inicio, um estudo sério da Palavra nos humilha, expõem nossa miséria e necessidade da graça e muitos recusam querer conhecer a si mesmo. Tudo bem. Não ficarão abismados com si mesmos por tamanha miserabilidade. Mas não conhecerão o maravilhoso remédio, Jesus.

    Que Deus cure sua Igreja, a começar em mim!

    Comentário por Blog do Tiago Lino | 16 de setembro de 2011 | Responder

    • Mais uma vez, obrigado Tiago. Só por Deus é que continuamos. Que Deus nos cure a todos.
      Grande abraço.

      Comentário por Paulo Moral | 16 de setembro de 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: