Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

Para Quem Gosta de Pregar 16

Estamos conversando sobre concisão. Dizer o que se tem de dizer com poucas palavras e objetividade.

Por que a foto do Felipão??? Apenas como exemplo do antônimo de lacônico futebolístico agudo. Simples assim!!!

Boa leitura.

Observe que um texto enxuto não é lacônico. Apenas evita gastar palavras desnecessariamente. Uma pastoral de boletim ou um artigo em que haja concisão comunica muitas idéias com o mínimo de palavras. Fala-se o suficiente para se ensinar bem. Como se alcança isto? Algumas sugestões:

1. Leia crônicas e veja como os cronistas têm um texto informativo e leve. As crônicas de Luís Fernando Veríssimo sobre Ed Mort, sua criação, além de muito humor, trazem uma aula de concisão.

2. Na Bíblia, leia o livro de Provérbios e veja a concisão. Cada frase é uma verdade completa, sem palavras desnecessárias. Veja, por exemplo, Provérbios 22.1.

3. Faça sentenças gramaticais curtas. Leia Efésios 1.3-14. Veja só: não há um só ponto. É impossível entender o que Paulo está dizendo sem um estudo muito acurado.  São 44 linhas sem um só ponto. No texto grego são 202 palavras numa só sentença gramatical!

4. Numa sentença gramatical, lembre-se do que foi dito há pouco: a ordem mais fácil de guardar, em nossa língua, é esta: sujeito + verbo + predicado.  Lembre-se também: a voz ativa é mais fácil de guardar que a voz passiva, e a linguagem direta mais fácil de lembrar.

5. Acostume-se a escrever seus textos e depois os analise, com critério, vendo o que pode melhorar, o que pode cortar, etc. Seja crítico consigo mesmo. Seja exigente com a qualidade do seu trabalho.

6. Leia bastante e preste atenção ao que lê. Gramática se aprende mais na leitura do que no estudo de regras.

7. Lembre-se: o gênio é 1% de inspiração e 99% de transpiração. Ou seja, fazer as coisas bem feitas é mais questão de trabalho do que de genialidade. Se quer fazer bem, trabalhe duro.

 Autor da apostila: Prof. Isaltino Gomes Coelho Filho

BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA PARA ESTE ASSUNTO

1.    Boaventura, Edivaldo.  Como ordenar as idéias. 3a. ed. Ática, S. Paulo, 1993, 59 p.

2.    Blikstein, Isidoro.  Técnicas de comunicação escrita. 2a. ed. Ática, S. Paulo,  1985,  96 p.

3.    Penteado, J. R..  A técnica da comunicação humana. 9a. ed. S. Paulo, Pioneira,  1986. 332 p.

4.    Garcia, Othon.  Comunicação em prosa moderna. 26a. ed. FGV, 1999.

5.    Fausltich, Enilde. Como ler, entender e redigir um texto.  2ª ed., Editora Vozes, 1989 .

6.    Melo, Wilson. Redação e interpretação instrumental. 3ª ed.  Editora Rio, 1980 .

Anúncios

2 de maio de 2011 - Posted by | Kerigma

2 Comentários »

  1. PAULO MORAL VC É PALMEIRENSE?

    KKKKK

    NÃO SOU SANTISTA MAS FAZ UM POST COM O MURICY, ELE É EXEMPLO DE VITÓRIAS

    ABRAÇUS

    Comentário por FRANCISCO | 2 de maio de 2011 | Responder

    • haha, não Francisco, não sou palmeirense.
      Abraços

      Comentário por Paulo Moral | 2 de maio de 2011 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: