Monte de Adoração

Paulo Moral & Cecília Moral

Para Quem Gosta de Pregar 9

A crítica é sempre indigesta. Mesmo que controlemos nossos impulsos de revide, eles estão lá. Criticar líderes e pastores é como cutucar um gambá: ele se finge de morto, mas te pega, com o microfone, pelas costas. Eu sou pastor, líder e pregador e tenho que digerir a realidade de vivermos em um tempo que se confunde pregação bíblica com prédica modista; exposição bíblica com argumento denominacionalista; a Bíblia como regra de fé e prática com caixinha gigante de promessas; a pregação da Sã Doutrina com manipulação denominacionalista.

Quem tem estômago, veja o artigo.

A Procura de Substitutos à Pregação Continue lendo

9 de novembro de 2010 Posted by | Kerigma | 7 Comentários